InuYasha

Ir em baixo

InuYasha

Mensagem por ADM.Noskire em 17/1/2015, 00:47

— Pessoal —

Nome: InuYasha
Idade: 220
Altura: 200
Peso: 65
Mão predominante: direita
Sexo: masculino
Raça: Elfo
Classe: mago
Localização: Gil'ead

Level: 1
Exp.: 000/100
Moedas: 0

— Atributos Primários —

Constituição: 5
Força: 0
Destreza: 1
Agilidade: 3
Inteligência:  6 (+2 Racial) (+2 Classe)
Força de Vontade: 8 (+2 Racial) (+2 Classe)
Carisma: 0
Percepção:  2

— Atributos Secundários —

HP: 70
Energia: 165
Dano: 1
Acerto: 1
Esquiva: 4
Bloqueio: 2
Persuasão: 5
Auto-Controle: 16

— Perícias —

Caminho Mágico (Trevas) — pts. 80
Caminho Mágico (Corpo) — pts. 15
Caminho Mágico (Ar) — pts. 5 (+10 Mago)

— Aprimoramento —

Positivos: Bom Senso — 1 pts.
Noção Exata do Tempo— 1 pts.
Sentidos Aguçados (Visão; Audição; Olfato e Tato) — 8 pts.

Negativos: Origem Trágica — -1 pts.
Sem Memória — -1 pts.
Inimigos — -3 pts. (Sakura, Arwen e Akane )
Timidez — -1 pts.

— Equipamentos —

— Inventário —

— Técnicas —

— Extras —

Renome: 0
Alinhamento: 0
Photoplayer:
Spoiler:

Aparência:
Estatura mediana, como o tipo físico, mas com os músculos bem definidos, sem nenhuma marca, cicatriz, desenho; cabelos longos lisos de cor branca os quais normalmente deixa solto; olhos médios a pequeno de cor azul turquesa.
Personalidade:
Não muito sociável, é indiferente e chato, evita falar o máximo possivel com os que não conhece; com os conhecidos e amigos, já é mais sociável, sendo companheiro e um pouco falador; muito calmo e pensante, quase sempre está pensando e tranquilo. Certos momentos volta a ficar raivoso, sanguinário e raivoso, o que faz atacar tudo e todos sem distinção, como um cachorro loco.
História:
Em um dia que não havia nenhuma nuvem no céu, que estava mais claro e estranhamente mais escuro que o normal, no litoral do continente de Alagaësia, em um local desconhecido e esquecido, em Du Weldenvarden, momentos antes de começar mais uma guerra entre Anões e Elfos, nasceu InuYasha, filho de pais que pertencem a a famílias distintos e inimigas mortais, mesmo lutando lado a lado nas guerras que aconteceram principalmente contra os Anões, e mais tarde contra os humanos. A rivalidade entre as famílias devido à guerra, se estendeu a praticamente tudo que dava para ser disputado, desde simples campeonatos esportivos, a disputas políticas, econômicas, há se envolver em guerras em outros países, seja financiando, a fornecendo armas e soldados.

Mesmo com uma rivalidade mortal entre as duas famílias, tanto que seus pais mesmo se amando ainda brigavam por muitas coisas, o que tornava a casa onde um verdadeiro caos, mesmo que em nenhum momento chegaram a sair no soco, nem usar magia entre si, Inu cresceu em um ambiente tranquilo, já que em sua presença havia uma certa cortesia entre os membros das duas famílias, o que era evitado o máximo possível, mas mesmo sem noção nenhuma já percebia que vivia em um campo de batalha. A sua circulação entre as duas famílias aconteciam por intermédio de seus pais, mesmo que um não pudesse frequentar a família do outro, assim quando tinha que ir para o templo, ou outra propriedade da família de sua mãe, seu pai o levava para casa, onde sua mãe o buscava e leva, o mesmo acontecia quando tinha que visitar a família de seu pai. O que dava mesmo sem muita noção que ambas famílias se odiavam.

Quando atingiu a idade para começar a treinamento militar, começou o treinamento rigoroso de magia, treinamento que desde então nunca mais parou de treinar, já que tinha que fazer o treinamento das duas famílias que eram completamente distinto o que em muitos pontos em vez de ajudar acabava atrapalhando, por não ter um foco muito definido. Mesmo frequentando treinamentos e locais públicos, não tinha muito contato social com outras pessoas, já que sempre havia ao seu lado algum membro de uma das famílias que além de fazer sua segurança, fazia o meio de campo entre as outras pessoas, e proibindo de conversar com outras pessoas, independente que isso fosse prejudicar na hora do aprendizado.

No inicio da adolescência ficou ainda pior, pois deixou de frequentar locais publicos para começar a ficar em casa com mestres particulares, membros das famílias, para assim intensificar ainda mais o treinamento e o aprendizado de magia, já que os professores são membros das famílias. Com isso ficou ainda mais escondido do resto da sociedade, das pessoas comuns, já que as pessoas que tem convívio todas tem conhecimento de magia, tanto que em muitos momentos chegou a acreditar que as magias era comum para todas as pessoas.

Durante uma viagem, a primeira sem qualquer membro de qualquer uma das famílias, para treinamentos físicos, a batalha entre as duas famílias chegou ao ápice em todos os pontos de batalha, já que a mãe de Inu havia descoberto um artefato poderoso, que poderia invocar um servo na guerra, fazendo ambas as famílias lutares até a morte pelo objeto, batalha que só acabou quando os dois lados acabaram caindo e as propriedades de todos os lados foram completamente destruída. Ficando sabendo que as duas famílias estavam se matando brutalmente, Inu voltou para casa encontrando o confronto final entre as duas famílias.

Inu chegou no momento em que seus pais, os últimos sobreviventes das duas famílias estavam duelando no que parecia ser o inferno, pois outros familiares já mortos, mutilados, queimados estavam espalhados por todos os lados, forrando todos os lados com suas tripas, ossos e sangue. Inu pode ver os minutos finais do duelo, onde igualando em poder, os pais de Inu se mataram, acabando com a batalha e com as duas famílias.

Com o fim dos membros da família, e sendo o único sobrevivente, Inu não teve lugar para ficar quando chegou de viagem pelo continente a esmo, não sempre fugindo das pessoas como um animal selvagem, se alimentando do lixo por não ser bom em roubar e agir furtivamente, mas sempre continuando com o treinamento, da mesma forma que fazia com instrução. Como ambas famílias eram conhecidas nos meios políticos, e militares aos poucos, mesmo em poucos anos, era o mesmo que ambas nunca tivessem existido, outras pessoas com mesmo nome das famílias com certo grau de parentesco ainda continuavam suas vidas, mas nunca souberam da existência de Inu apenas poucos membros da família havia entrado em algum registro.

Nesse período começou a ter quase o mesmo sonho, onde bem criança, com seis anos de idade, anda pelas ruas e vielas de uma cidade muito pobre que não consegue identificar qual é, mas a medida vai avançando a cidade começa a melhorar o nível das construções lentamente, passado dos casebres minúsculos, a casas, a chalés e sobrados, onde uma garotinha que aparenta ter mesma idade aparece e guia uma ponte inacabada. Na ponte a garotinha mostra dois bonecos de brinquedo, um representando os soldados e outro representando o rei, e aponta para a outra margem mostrando um castelo como se esse estivesse suas fundações no céu, e pergunta se Inu quer ser o soldado ou o rei. Sem titubear Inu sempre pega o rei, onde ao mesmo tempo a ponte se transforma em uma pilha de cadáveres, onde entre eles está à garotinha que termina dizendo, construa sua ponte até o castelo.

Durante as viagens a esmo procurando comida, conheceu um estranho grupo de aventureiros e mercenários, estranhos, pois havia membros das três principais raças, que viajam pelo continente executando tudo o que for serviço, desde que pagos e bem para isso, onde Inu trabalhava em troca de comida. O que era considerado a elite do grupo de viajantes realizava missões de assassinato, roubo de grandes quantias, objetos raros entre outros serviços mais arriscados. Foi quando conheceu Akane uma humana, ladina, bastante agil e sensual, Sakura uma ana guerreira bastante forte e teimosa, Arwen uma elfa, muito habilidosa no uso do arco e sua irmã gêmea Míriel uma elfa elegante tímida, mas determinada, com qual chegou a namorar e teve uma filha chamada Galabriel.

Apesar de ter estuado bastante magia, não sabia muito sobre nenhum caminho em especifico, tanto que não conseguia usar nenhum tipo de magia, por isso Inu não fazia nenhum trabalho difícil, normalmente fazendo o serviço de mensageiro, diferente das quatro amigas que faziam principalmente missões de assassinato. Como Galabriel ainda pequena, Míriel e Inu pararam de viajar e fixaram residência em Teirm, devido o enfraquecimento que aconteceu a Míriel depois do parto de Galabriel.

A vida de nômade de Inu parou completamente para cuidar da filha, mas a 'calmaria' e paz não durou muito tempo, voltando de uma entrega de encomendas para sua humilde residencia, em um final de dia bastante agitado, Inu encontrou a casa toda destruída, Míriel esquartejada com pedaços de seu corpo espalhados por toda a casa e o sumiço da pequena Galabriel. Havia suportado a visão do inferno que havia sido a morte de seus pais, o cenário infernal que havia culminado com a morte deles, apesar de nunca ter superado os traumas causados por isso, ver isso se repetir fez Inu surtar e fugir para Carvahall. Na fuga encontrou o trio de garotas que chegava para visitar, onde vendo Inu encoberto de sangue, o culparam pela morte de Míriel, onde ambas atacaram e quase mataram Inu, não o matando por acreditarem que haviam o matado.

Em Carvahall começou realmente o caminho da magia, onde querendo trazer sua família de volta dos mortos iniciou o caminho das trevas, para assim poder ressuscitar as duas, apesar de não ter certeza de que Galabriel esteja morta, por não ter visto o corpo dela. Durante o aprendizado da necromancia, em seu desespero acabou cometendo ums serie de erros, e sua mente apagou toda a tragédia. Tendo apagado Míriel, Inu esqueceu completamente que um dia conheceu o grupo de mercenários, que trabalhou para eles, como se o período que viveu no grupo fosse completamente apagado. O estudo do caminho das trevas, principalmente pela necromancia, deixaram não apenas as 3 garotas ainda mais irritadas e odiando Inu, mas todo o grupo, por acharem que não se deve brincar com os mortos.

_________________
— Façam suas preces... malditos.
— Matarei cada um de vocês!


Prólogo | Apresente-se | Regras
Dúvidas | Criação de Personagem
avatar
ADM.Noskire
Admin

Mensagens : 691
Data de inscrição : 01/12/2014
Idade : 26
Localização : Natal/RN

Ver perfil do usuário http://reinodastrevas.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum